Pedagogia WALDORF – uma nova educação

IMG_7567Partilho mais um artigo sobre uma temática que a mim me diz muito: Novas formas de EDUCAR!

Convido-vos  a conhecer cada vez mais alternativas educacionais de forma a que possamos escolher aquela, ou aquelas que achamos que possam ir mais ao encontro dos princípios que queremos transmitir aos nossos filhos.

Não digo com isto que concordo ou não concordo com o sistema que vos apresento, mas acho que deve ser tido em consideração, e penso que se houvesse um pouco de metodologia Waldorf em todas as escolas, estaríamos a formar pessoas de forma muito mais completa.

Para pais que acreditam que possam ser pais de crianças Indígo/Cristal, este sistema parece vir ao encontro das suas necessidades especiais de um ensino que deverá ser adequado a eles e não ao professor.

“Desde a sua fundação, em 1919, o propósito explícito das Escolas Waldorf foi desenvolver seres humanos livres, criativos, independentes e morais. A missão de Steiner era “Aceite as crianças com reverência, eduque-as com amor, deixe-as caminhar em liberdade.” Pensa você que Steiner tinha alguma ideia sobre as Crianças Índigo? Ele foi, de fato, um educador com pensamentos avançados.”

:::

Pedagogia Waldorf foi introduzida e criada por Rudolf Steinerpor em 1919 na Estugarda.

O seu principal conceito tem por base o desenvolvimento de cada ser humano como : cada um é diferente entre si, logo o sistema de ensino deve levar em conta essas mesmas diferenças e adaptar-se.

O mesmo assunto que se pretende ensinar é assim abordado várias vezes durante o ciclo escolar, mas nunca da mesma maneira, e sempre respeitando a capacidade de compreensão de cada um (que maravilha não acham?).

A formação privilegia uma pedagogia que aposta no desenvolvimento fisísco, anímico e espiritual do aluno incentivando o querer (agir) por meio da atividade corpórea das crianças em quase todas as aulas. O sentir é estimulado na constante abordagem artística e nas atividades artesanais específicas para cada idade.

O pensar é cultivado paulatinamente, desde a imaginação incentivada por meio de contos, lendas.

Uma das características marcantes da Pedagogia Waldorf é o fato de não se exigir do aluno, ou cultivar precocemente o pensar abstrato (intelectual) e outra é que as aulas sejam uma preparação para a vida.

Almeja-se que as aulas sejam um preparo para a vida. Procura-se desenvolver as qualidades necessárias para que os jovens floresçam e saibam lidar com as constantes e velozes mudanças que se apresentam no mundo, com criatividade, flexibilidade, responsabilidade e capacidade de questionamento.

Entende-se que o jovem, cada vez mais, precisa ser articulado e capaz de se comunicar claramente, tanto se abrindo para o que os outros têm a dizer como encontrando a melhor forma para expressar seus pensamentos ao mundo. Para tanto, a Pedagogia Waldorf, segundo seus adeptos, permanece revolucionária até os dias de hoje.

img_quais_sao_os_tipos_de_acampamentos_de_verao_para_criancas_1041_origMetodologia:

A vivência/ experimentação deve preceder a teoria. O currículo escolar deve ser individualizado e levar em conta apenas as necessidades de ensino do aluno em cada fase da sua vida.

Qual o papel do professor?

Cada classe tem um professor responsável por todas as matérias, que acompanha a mesma turma durante sete anos. “Nós precisamos ser uma referência de comportamento e disciplina para que o aluno possa se espelhar“, justifica Alfredo Rheingantz, professor e membro da coordenação da Escola Waldorf Rudolf Steiner. Durante o período correspondente ao Ensino Médio, as classes ganham professores especialistas, mas continuam com um professor.

Como funciona?

O ensino é dividido em ciclos de sete anos (de 0 a 7, de 8 a 14 e de 15 a 21 anos) e não há repetência, justamente para que as etapas de aprendizagem possam estar em sintonia com o ritmo biológico próprio de cada idade. Como não há provas, as avaliações são baseadas nas atividades diárias, que resultam em boletins descritivos sobre o comportamento, a maturidade e o aproveitamento dos estudantes.

Como se introduzem novas matérias?

Outra característica da pedagogia Waldorf é o ensino em épocas. Em vez de ter aulas de diversas disciplinas ao longo do dia ou da semana, o aluno passa quatro semanas apenas vendo uma matéria. “Isso permite que o aluno lembre mais facilmente o que viu e aprofunde melhor os conteúdos“, diz Rheingantz.

Como funciona na sala de aula?

No primeiro ciclo, o foco é no desenvolvimento da coordenação motora e no despertar da memória. Como essa fase é dedicada principalmente às atividades lúdicas, ela não inclui o processo de alfabetização, que acontece apenas no segundo ciclo. Neste, que corresponde ao ensino fundamental, o foco é na educação dos sentimentos para que os alunos adquiram maturidade emocional. Daí a pedagogia Waldorf ser repleta de atividades artísticas, como música, teatro e artes plásticas, além de trabalhos manuais, como marcenaria, tricô e jardinagem.

Que tipo de pessoas podemos esperar no futuro?

O método Waldorf visa desenvolver a personalidade do aluno, florescendo nele a clareza do raciocínio, equilibro emocional e a iniciativa de ação. Ao final da escola, o estudante está pronto para exercitar o pensamento e fazer uma análise crítica do mundo.

Centros Waldorf em Portugal:

A Escola Livre do Algarve (Vila do Bispo)

A Casa de Santa Isabel (Seia)

Jardim de Infância S. Jorge (Lisboa)

Muita Luz!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s