Seres tu e não seres a tua mãe! – o teu filho agradece!

538931_392301864142376_369213193117910_1032059_1976588036_nOlá amigos! Aqui estou eu de volta!

Saudades? Eu tinha muitas!

Pois eis que me sinto no regresso! Assim para falar de coisas  de que gosto e que sobretudo assentem numa educação consciente, baseada no amor no respeito e acima de tudo na valorização das crianças.

Ser mãe dá-nos uma bagagem  natural que abraça muitas funções lá dentro, a de mãe claro, a de amiga, a de conselheira, de professora, de médica…uffff sei lá..somos todas estas coisas e muito mais  na vida deles não somos? Estou enganada? Penso que não.

Claro que nenhuma delas exclui um verdadeiro professor, o médico, o terapeuta…cada macaco no seu galho, mas nós somos a ponte entre os nossos filhos e os outros, pelo menos enquanto pequeninos, depois eles com o tempo lá vão criando as suas próprias ligações interpessoais…melhor se ainda gostarem de contar connosco:)

Tenho lido muito sobre uma área que muito me agrada e que à qual eu decidi chamar de Terapia Energética ( amigos profissionais é aqui que conto com a vossa ajuda para me decifrarem isto!). E veio parar-me às mãos um livro (através da minha amiga Ana – love u girl), que se intitula Corpo de mulher, Sabedoria de mulher , de uma médica ginecologista chamada Christiane Northrup, são dois volumes, eu vou a meio do primeiro e estou a devorar!

Aconselho a todas as mulheres a leitura deste livro. Não só às que têm problemas ginecológicos (um beijo às minhas endosisters), mas a todas que consideram o seu corpo um templo e a sua vida um milagre que tem que ser muito bem vivido!!

Esta ginecologistas percebeu e muito bem, que a cura também toca o espiritual e a nossa forma de abordar a vida. Ora bem, isto é tudo aquilo em que eu acredito. O complicado é encontrar a raiz do problema, depois mais complicado é admitir o que anda mal ou esteve mal na nossa vida! Mas esse primeiro passo tem que ser sempre nosso.

Pois bem, do pouco que ainda li fala muito dos bloqueios energéticos que estão subjacentes aos acontecimentos da nossa vida e que deixam marcas profundas ao ponto de nos deixarem doentes…ora bem! Ninguém quer perpetuar aquilo que já não nos serve:)  Sabem quando tentamos muito apertar aquelas calças de quando tínhamos 15 anos, e nos deitamos na cama, fazemos toda aquela ginástica de encolher a barriga  e não respirar… e mesmo assim elas não apertam!!! Pois é assim com essas coisas da vida…demasiada ginástica que não nos leva a lado nenhum.

 

watering flower-womanNo caso das calças, bom ou se aceita que já não temos 15 anos, ou se faz uma dieta, ou então vestem-se outras!!! Agora ficar a rabujar em frente ao espelho..não! A vida tem opções!~Não criem tantos problemas.

Este livro é para mulheres, ok onde ficam as crianças? Ainda não falei de crianças?!

Em cada mulher já houve uma criança, e em cada uma de nós há um espírito muito juvenil! Além disso temos filhas (eu por acaso não, mas têm os meus amigos e vizinhas)!

Bom, este livro foi assim uma espécie de introdução a isto de educar crianças e com isso não ferir a sua energia e criar bloqueios energéticos!

Coincidência ou não eu e uma amiga temos estado recentemente a experienciar o fato de percebermos que andávamos a viver mediante as ideias que as nossas mães com o tempo foram imprimindo em nós. Percebi finalmente que muitas das minhas atitudes eram apenas um reflexo das dela, e pensei… espera aí, mas eu não acredito em nada disto porque raio estou a fazê-lo?!

Ok bora lá parar aqui um pouco, pensar no que me está a acontecer…eu sou uma pessoa, ela é outra, então vamos ser esses dois seres únicos e especiais e ser muito mais felizes com isso! Sinto assim uma leveza, uma folha em branco para preencher. Parece parvo, mas parece que sinto aquela ideia de querer ter 18 anos para poder fazer tudo! Ahhh, pois!

Por isso sabem quando nós dizemos: ah quando eu tiver filhos não vou fazer nada disto que os meus pais me fizeram! 

Todos nós sabemos que numa coisa ou outra fazemos igualzinho…ehehehe, mas não confundir uma educação que precisa de regras com transpor para os nossos filhos uma energia que a nós não nos serviu e que vamos de forma inconsciente passar para eles!

Hoje deixo-vos este desafio. Olhem para vocês e vejam realmente aquilo que é vosso, da vossa personalidade e aquilo que os vossos pais ( nunca por mal pois sabemos que fizeram o melhor que podiam) vos fizeram acreditar de vocês e de como a vida deve ser vivida!

Bora lá!

Muita luz

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s