home · pai com P grande!

O que os signos dizem do pai!

Que tal conhecer-se um pouco mais como pai lendo as características que o seu signo lhe atribuí? Pensava que só ia falar de mães? Não! Boa leitura.

horoscopo-ninos-aries-150x150Pai Carneiro:

Este pai tem o pavio curto e é movido pela paixão da realização. Alguns podem dizer que sua vontade  a lei! Apesar de ser um pouco mandão, ele entende o desejo de aventura dos filhos, que querem correr mundo.

Ele é do tipo “eu criei-me sozinho”. Independente, ele faz de tudo para ensinar aos seus filhos a importância da autonomia. Dono de uma poderosa intuição, age rápido para defender sua cria e luta contra o mundo para proteger a ninhada.
Facilmente se torna um exemplo, não apenas para os seus filhos, mas também para os amigos deles. Ele é romântico, mas não vai mostrar sua comoção ao ver a vitória dos filhos. Engraçado, franco e direto, pode não ter muita paciência para entender os motivos ocultos  que entristecem a filha, mas será ele quem irá, num repente engraçado e iluminado, fazê-la rir de uma piada.

touro1Pai Touro

Pode não ter muito tempo para brincar com seus filhos, afinal passou tanto tempo trabalhando para proporcionar conforto e segurança para eles, que sobrou pouca energia para a diversão.
Pretende dar o exemplo de seu esforço e determinação para os filhos. Dono de uma intensa força de vontade, gosta de ver a família reunida para os bons momentos em que irão curtir delícias gastronômicas que ele mesmo faz. Touro é um signo de poderosa sensualidade e dotado de um sexto sentido especial para dar prazer às pessoas amadas.Se o seu pai nasceu com o Sol em Touro, prepare-se para dar a ele o melhor, pois ele gosta de qualidade. Mas ela deve vir sempre cercada de muito carinho.

 

horoscopo-ninos-geminisPai Gémeos

A sua maior preocupação: dar a melhor educação para seus filhos. Mesmo quando não dispõe de recursos para pagar  escolas caras, ele faz de tudo para ensinar o filho a se dar bem na vida. Com uma mente prática, voltada para o quotidiano, ele ensina até sem querer, através da sua  curiosidade, criatividade e improvisação.
Amigo dos filhos, ele pode ser um sujeito especial na hora de dividir suas paixões malucas. Ele torce pelo filho no futebol, na viagem para o exterior, nas vitórias intelectuais, em tudo.
Mesmo que não seja um tipo voltado à filosofia, o pai de Gémeos gosta de uma obra que faça sua mente pensar sobre o mundo.

 

câncerPai Caranguejo

Este é o pai “mais família” de todo o Zodíaco, e por vezes é quase um rival da mãe. Preocupado demais com os filhos, ele gosta de ser bonzinho. Entende, conversa e troca afeto. A não ser quando é vitíma de um terrível mau humor, que faz com que ele se prenda em casa como um gato, evitando o contato com o mundo externo.
Contra essa nuvem perturbadora, só mesmo o carinho e a proximidade dos filhos. É difícil para um homem nascer com o Sol em câncer, pois seu reinado é o mundo do afeto, da subjetividade e de tudo que foi colocado sob a ordem do feminino. Vêm daí suas instabilidades. Sonhador, ele quer o melhor para a família e é capaz de se virar do avesso para chegar lá. Costuma gostar de história e de romances compridos. O pai Caranguejo importa-se com o que é dado e feito de coração.

 

horoscopo-ninos-leoPai Leão

Tem um lado de chefe mandão, mas chora se for relegado para segundo plano. Ele vai até o inferno por quem ama, pois quer dar um exemplo de valor e honra aos seus filhos. E espera ser reconhecido por isso.
Na pior das hipóteses, você está lidando com um tipo intuitivo, intenso, um pouco autoritário e controlador. Uma de suas frases preferidas é “Eu sei o que é melhor para ti”. E foram tantas as vezes que o tempo comprovou que ele estava certo que é melhor dar um voto de confiança para esse Leão caseiro.
Ele é uma pessoa que se fez sozinha, e não admite menos do que o respeito por isso. Os leoninos são também um tanto vaidosos. Vale a pena lembrar disso na hora de lhe oferecer um presente.

 

horoscopo-ninos-virgoPai Virgem

Ter um pai de Virgem não é fácil: ganha-se um um crítico que passa o tempo dizendo  tudo o que deve ou não deve ser feito. Para piorar, poucas vezes ele reage bem quando é criticado. Este pai  não gosta de ver seus filhos a perder tempo com ilusões, por isso distribui sermões, que às vezes podem magoar. O pai deste signo quer que o filho seja um craque. Ele dá o máximo  para proporcionar as condições para que isso aconteça.
Para agradar esse pai, você precisa ter muita imaginação!

 

horoscopo-ninos-libraPai Balança

Sociável, pacífico, sensível e sempre com uma agenda cheia, este pai é amigo dos filhos e está sempre do lado deles. Mas pode ser difícil a convivência se ele anda  num momento de escolhas difíceis. Tudo fica penoso e ele é capaz de ser atacado por crises de fúria e tristeza. Nestes momentos, ele prefere a solidão.
Em todo o caso, o pai balança gosta de ver a casa cheia de gente. Ele sempre tem, também, uma palavrinha agradável para os seus amigos e sabe receber como ninguém. Quer ensinar aos filhos sobre o jogo social, ingrediente fundamental para se situar bem na vida.
Justo, ele pode ficar do lado errado na hora da briga, se for por causa dos filhos. E tudo que mais quer é que o seu filho seja original. O pai de balança é capaz de aceitar toda a  excentricidades por parte dos filhos, com uma tranquilidade muito maior do que os outros signos.

 

escorpiãoPai Escorpião

O pai de Escorpião é muito devotado à família. O sentido da sua vida é saboreado e vivido por meio dos filhos, pelos quais é capaz de se sacrificar.Mas nem por isso ele perde o controle e se deixa levar pelas traquinices dos pimpolhos. O escorpião já provou a dureza da vida e desconfia de quem quer sucesso fácil. Por isso, ele prefere o amargo do remédio dado na hora certa e realiza intervenções radicais. Para o Escorpião, vale qualquer coisa para não ver seus filhos transformados em parasitas.
Este é um pai exigente, inclusive consigo próprio, o que o torna respeitável. Difícil de enganar, sabe se transformar com o tempo, o que é um alívio para os filhos adolescentes.
O pai de escorpião descobre o que vai na alma dos filhos porque tem um sexto sentido forte. Ele sabe exatamente quando é que algum filho corre perigo. E adora saber que é amado, respeitado e que seu sacrifício e esforço valeram a pena.

 

sagitárioPai Sagitário

Este é um pai atleta, desbravador e aventureiro, que leva tudo na desportiva. Mas também é bravo, pois tem “pavio curto” e não suporta a dependência dos filhos e a insegurança que eles podem apresentar. Mas ele compreende que todos têm seus momentos de hesitação e tristeza, porque é muito intuitivo.
Sonha em ver os seus filhos independentes e autónomos. Ele é amigo  e é sempre engraçado, até nos momentos mais difíceis. E isso é uma verdadeira bênção, que dissolve mal-entendidos e caras feias.
Quem tem um pai deste signo tem em casa um camarada, que adora viajar e se aventurar na companhia dos filhos.

 

capricornioPai Capricórnio

Se você tem um pai capricórnio, você tem “o” pai. Consciente de seus deveres e responsabilidades, ele está pronto para fazer qualquer sacrifício para garantir uma vida confortável aos filhos. E não dá muita bola para o que não é essencial! Boas escolas, bons médicos, sapatos em ordem e dentes escovados é o suficiente.
O pai de Capricórnio é a própria encarnação do símbolo do pai na astrologia. Ele quer que seus valores possam dar frutos visíveis nos filhos, por isso é devotado a eles. Talvez lhe falte um pouco da graça e da irreverência dos pais de outros signos. Contudo, ele está aí, como uma rocha firme, com suas convicções e seu tempo controlado para cada ação.
Este é um pai que precisa de afeto, pois gosta de carinho, apesar de não demonstrar isso.

 

horoscopo-ninos-acuarioPai Aquário

Se você tem um pai aquariano, possui um amigo. Ele é um ser pacífico e distraído, que adora olhar as estrelas e falar sobre como o mundo poderia ser mais feliz se houvesse justiça.

Idealista, sociável e amigável, o aquariano quer ensinar o filho a compreender o mundo. Para isso, ele não poupa esforços – ou conversas. Ele gosta de falar muito sobre a juventude, um tempo especial para os filhos de Aquário. É que quanto mais velho este signo se torna, mais sábio e compreensivo fica.
O pai de aquário é capaz de apelar para a história da humanidade se precisar provar a você que as conquistas da tecnologia estarão promovendo mais liberdade para as pessoas, que é o que ele mais preza. Pode ser que ele mesmo trabalhe com algo avançado, porque suas idéias estão sempre anos à frente.

 

peixes-150x150Pai Peixes

Carinhoso, sensível e emotivo, o peixes quer aconchego com os filhos. Ele perdoa tudo que eles fazem, mesmo sabendo que deveria ser mais firme.Peixes possui “infinitos emocionais”, e o pai deste signo tem de exercer uma função muito complexa. de tanto afeto que dá aos filhos, ele acaba se tornando mais “mãe” do que muita mãe do Zodíaco.
Às vezes, refugia-se num mundo longínquo, em que só é possível entrar com amor. Nestes momentos, ele tenta ser menos absorvente com os filhos, mas mais cedo ou mais tarde sua natureza reclamará o carinho da cria.
O pai de Peixes precisa sentir-se amado e quer que os filhos compreendam que ele tem de exercer um papel que está além de sua natureza. Assim, todo o esforço que faz para mostrar para seus rebentos que a vida tem limites, recebe a contrapartida de seu coração, que se move em um ritmo desconhecido dos outros.

Muita Luz

Sara Aisha

Anúncios
home · pai com P grande!

Quando a vida é padrasta!

17E porque os pais não têm que ser só biológicos, reservei este artigo para falar um pouco sobre o papel do padrasto na vida e educação de uma criança.

“Um padrasto é um homem casado com uma mulher já com filhos”

Será só isto? Eu acho que não!

O Nuno é padrasto do Tiago quase há 3 anos. O Tiago está prestes a completar os seus 7 anos de idade, por isso a ligação vem desde que ele era ainda mais pequeno, logo os lagos foram-se estreitando e criando cada vez mais uma relação de amizade e carinho fenomenal.

Como foi assumir uma criança que não é tua?

Foi fácil, acho eu… o Tiago tinha acabado de fazer 4 aninhos e como era uma criança tão alegre, divertida e bem disposta penso que me aceitou bem! Com a idade dele só queria muita brincadeira e disponibilidade quase total para ele, é obvio que isso tornou muito mais fácil assumir uma criança que não é minha.

Quais os maiores medos?

Todos e nenhuns! Não sou o pai biológico, não tenho um filho meu, mas o amor que tenho pelo Tiago é enorme é como se fosse meu filho. Não tenho medo que ele diga que eu não sou o pai dele, apesar de nunca me ter dito isso. Tenho medo de não conseguir transmitir os meus sentimentos, o amor e carinho que sinto por ele.

Quais as maiores recompensas?

Aquele abraço… aquele beijo na cara ao de leve ou o beijo na cara molhado, o aparecer na cama de manhã mesmo que seja muito cedo e começar aos pulos em cima de mim!
Agora que está no 1º ano, nesta fase é ouvi-lo a ler, a começar a juntar as letras e palavras a surgirem, é muito reconfortante e desafiador!

Fui eu que o ensinei andar de bicicleta sem as rodinhas, isso é bom.

Como se deve enquadrar a figura do padrasto na vida da criança?

Como um pai… mesmo sabendo que não é biológico. Como um amigo em quem possa confiar, com quem possa desabafar.

Existem ciúmes do pai biológico?

Não. Eu sei que não sou o pai biológico dele, mas estou lá para o apoiar, acarinhar, educar no melhor possível.

Quais são as maiores barreiras?

Eu acho que é o medo e a responsabilidade em educa-lo para a vida. Mostrar-lhe como é o dia-a-dia, sempre no pensamento “será que estou a fazer bem?”, “será que estou a educa-lo corretamente?”, “será que lhe estou a transmitir os melhores valores?”

Como se ama alguém que não é biologicamente nosso.

Ama-se dando carinho, ama-se dando amor, conforto e faz-se isto diariamente e cada vez mais e mais.

Muita LUZ!

home · pai com P grande!

Licença para ser pai!

1044798_10201463338296192_1615653624_nO Paulo não é nenhum 007, mas é certamente um agente-pai nada secreto!

Com 31 anos, pai de um menino maravilhoso que é o “Rafa”, uma criança linda com 2 anos e meio ( sim porque para nós pais, isso “do e meio” faz-nos sentir que estão já muito mais crescidos), é dos únicos que conheço que decidiu abraçar aquilo a que tem direito que é a partilha da Licença de Maternidade.

Por isso aceitou o meu desafio e vem contar-nos um pouco de como foi que isso veio influenciar a sua relação com o filho e como isso de certa forma veio ampliar o seu papel de pai.

Fica aqui um relato para outros pais que possam ou queira experienciar o mesmo que o Paulo e desmitificar os seus medos e receios. Porque acreditem que as mães também os têm:)

Começa por dizer :

É o bebe mais bonito do mundo, e vai ser pelo menos até ter (se tiver) uma menina!É teimoso, já estou a ver com o que vou levar ao longo do resto da vida… muito teimoso.. faz o que quer, de bem e de mal,  ate ser alertado para não fazer o que está mal, depois do choro e/ou de uma palmada vem o mimo, o colinho os abracinhos os miminhos acabando por inúmeras vezes por adormecer. É bom ver o sossegado dele a dormir, mas quando é para a brincadeira sabe tão bem saltar, brincar, desarrumar, fazer rir… é muito bonito. Dar a papinha… isso já não, sirvo dois pratos um para mim outro para ele e cada um come do seu. No fim de eu acabar lógico que o pedido de ajuda para concluir a sua refeição chega.. e la vai uma ou duas garfadas. Ritual do xixi, cada vez mais autónomo la vai para o fazer. Só pede para o meter em cima da sanita… de resto faz ele. É um curso que so se conclui quando os filhos vão a sua vida e ficam autónomos, mas sempre dependentes dos pais, nessa altura já com o “curso” de pai supostamente concluído (sim supostamente, porque os filhos tal como eu arranjamos exercícios diferentes e novos aos pais para eles resolverem pela primeira vez) já sabes o que fazer quando for necessário, ou não..

A necessidade de partilhar a licença de maternidade, foi vontade própria e também porque a atividade profissional da mãe não lhe permitiu gozá-la na totalidade.

Qual o tempo gozado da licença?

Gozei os 30 dias, e pelo que percebi mais tarde poderia ter sido por mais tempo.

Como funciona o processo?

Foi necessário deslocar a Segurança Social e apresentar a minha intenção de partilha da licença. Depois enviei uma cópia para a entidade patronal a informar da situação.

Quais foram as principais dificuldades e medos?

Como tratar? como fazer? Aprender com ele e para ele.

Normalmente um brinquedo novo, ou um eletrodoméstico uma pessoa até sabe como fazer, vai usando sem grandes voltas ou problemas mas mesmo que haja duvidas ou tenha uma função nova existe um manual…. Agora um bebe, alias mais que isso, um filho, uma parte de nós(deveria ser uma vantagem porque nós ) mas apenas o temos ali indefeso e necessitado/ dependente de nós. A nossa vida a partir daquele momento mudou, para melhor sem duvida, mas para um nível de exigência nunca antes visto…  ser pai… é do melhor que pode acontecer, mas é do mais complicado que pode haver, pelo menos inicialmente, depois… depois é tudo uma questão de ir andando e superando cada desafio da tarefa.

 

Qual foi a parte positiva?

Tudo, foi muito bom a interação entre um novo pai e um filho pequenino. Uma descoberta única. Aconselho a toda a gente a ser pai sem duvida.

Tiveste ajuda de alguém?

Do telefone, ligava para a minha mãe várias vezes…

 Achas que agora é uma mais-valia na tua relação com ele?

Agora continua a ser muito bom, tempos diferentes, de pequenino ele pouco ou nada se lembra, mas sabe que é uma continuidade eu estar la sempre que ele necessitou.

 

Muita luz!

home · pai com P grande!

Ser Pai não é ser pai!

fotografiaSer pai é fácil.
É deixar que tudo aconteça por obra e graça da Mãe. É achar que fraldas ‘e essas coisas’ não são do nosso pelouro. É achar que o jogo que está a dar, que o artigo do jornal ou que o trabalho que levaram para casa são inadiáveis.
Agora ser Pai é ser parte da obra. É ser amor, é ser bondade, é ser carinho, é ser compreensão. É o banho, o vestir, o alimentar. É deixar que os filhos saibam reconhecer o cheiro do Pai. É nunca perder o mimo, é saborear cada abraço! Por muito pouco tempo que se tenha!
Bem sabemos que a sociedade, conforme está montada, nos diz que não há tempo para tudo. Mentira! Há! O tempo é o que nós quisermos, somos nós que decidimos a velocidade a que ele passa. Acreditem que conseguimos fazer com que um minuto pareça uma hora, apesar de mais frequentemente fazermos o contrário, apenas e somente porque é isso que temos incutido em nós: ‘o tempo passa a correr’ ‘o dia não rende nada’ etc…
Qualquer pai quer o melhor para os filhos, mas o que é que os filhos querem dos pais? Querem os Pais, ponto. Juntos, separados, é o que eles querem, e querem que estejamos bem, querem que sejamos felizes, querem sentir a nossa boa disposição e usufruir dela!
Cada um tem a vida que tem, e parte da nossa mente não nos sentirmos culpados por isso. Parte de nós o agradecer tudo, o bom e o mau, que nos aconteceu, como sendo o que nos fez quem somos. Em casal, parte  por existir amor e por ter ao seu lado alguém com valores semelhantes sos seus, porque tudo o resto vem por acréscimo!
Ser Pai com P grande é, no fundo, amar. Dar-se. Transformar os escassos minutos livres em momentos eternos. Ser um exemplo de bondade e integridade. Ser um espelho de valores. É olhar para os pequenos e agradecer a benção de os ter. É não colar etiquetas de ‘chorão’, ‘preguiçoso’, nem nenhum outro adjectivo infeliz, mas sim procurar incentivar e fazer a criança acreditar que é capaz.
Se os seus dias são absorventes, chega a casa e os seus filhos já estão a dormir, não hesite em beijá-los ou em deitar-se um pouco ao pé deles. Simplesmente faça-o, aproveite esse silencio maravilhoso, a doce melodia da respiração profunda, e agradeça, deseje, sonhe sem ‘ses’ e sem ‘mas’. E não se sinta culpado por ter a vida que tem, por chegar e não os ver acordados. Pense sim no que realmente quer, e peça! Faça por isso! Porque das duas uma, ou a sua vida acaba por mudar, ou o tempo passa a ser o que nós queremos!
Tudo o que é feito com Amor é bom. Permita-se amar e, sobretudo, ser amado. Aceite os seus defeitos, perdoe-se pelos seus erros, não se martirize. Cada amanhecer é uma nova oportunidade de dar Amor aos seus filhos! Já viu quantas razões tem para ser grato? Porque se há-de lamentar do que está mal quando pode agradecer o que tem e pedir mais?
A hora é esta. O momento certo é este. Não desperdice nem mais um minuto. Hoje é o dia certo para mudar a sua atitude perante a vida e fazer de cada instante com os seus filhos um momento inesquecível. Ninguém é perfeito, mas todos podemos melhorar, é só querer! Porque valer a pena, ai isso vale!
Todos somos capazes de tudo: de cozinhar, de limpar, de tratar, de adormecer, de vestir. Para ser Pai com ‘P’ grande, basta ter a coragem de querer ser… Mãe! Porque os papeis não têm que ser necessariamente diferentes, como a sociedade nos incutiu!
Sou pai de rapazes gémeos, nascidos em 07/2007, separado à um ano, e durante este percurso aprendi uma coisa: Nós somos aquilo que quisermos. Basta sermos Amor. O universo deu-nos todas as ferramentas que necessitamos! Respirem fundo, fechem os olhos, arregacem as mangas e sejam homenzinhos! Não poupem abraços e mimos, isso não é um sinónimo de fraqueza. Deixem as crianças à vontade para falar sobre tudo. Vamos mudar o mundo com uma nova geração de Pais!
Fico à disposição para partilhar experiências com mães e pais.
E…
Muito Amor!’