home

Mãe…o que é isso da reencarnação?

No outimage003ro dia durante uma viagem de carro entre a minha casa e a dos meus pais, que sem trânsito demora os seus 20 minutos, o meu filho mais velho decidiu questionar-me sobre estas coisas de quando se morre o que acontece.

Cada vez mais acho que devemos explicar as coisas como elas são sempre dentro dos seus limites de conhecimento e aceitação, isto para não criar mais dúvidas ou até medos infundados apenas fruto de uma maturidade ainda em crescimento.

Ele já teve em tempos oportunidade de aprender num grupo espirita juvenil os conceitos de desencarne e encarnar, e encarou tudo com perfeita normalidade. Ao início fez-me um pouco de confusão uma criança com 7 anos abordar todos estes temas com esta naturalidade, mas depois vendo bem, eu sempre fui assim e esta criança que tenho a meu lado, é também um ser espiritual no seu caminho evolutivo.

A conversa começou por ele me questionar se alguém da minha família já tinha morrido, eu expliquei que sim e que eles também eram seus familiares.

Tiago: E para onde vão as pessoas quando morrem?

Mãe: Para o céu! Depois voltam e encarnam num outro corpo e têm uma nova vida para poderem continuar a aprender e a tornarem-se pessoas melhores.

Tiago: Mas eu vou ter outro corpo?

Mãe: Sim! Mas também terás outra vida e outra família!

Tiago: Oh não vou ter outra mãe!

Depois ficou a refletir nisto tudo durante algum tempo. Era muita informação nova para processar.

Tiago: Então quando eu morrer volto outra vez?

Mãe: Sim! Até ser necessário.

Tiago: Então quer dizer que as pessoas nunca morrem?

Mãe: Sim!

Tiago: Possas ainda bem. assim já sei que não morro!

Ficou contente com esta descoberta, ainda me disse que na próxima vida quer encarnar como alguém mais inteligente, o que me surpreendeu pois pensei que ir dizer como jogador da bola!

Esta forma a forma simples de dizer ao meu filho como acredito que as coisas se processam. Não sei se alguma vez se debruçaram sobre este tema com o vosso, pois falar da morte com as crianças ainda não é assunto fácil, mas também não precisa de ser tão difícil!

Muita Luz

Aisha

Anúncios
apoio educacional · crianças indígo/cristal

A Reencarnação explicada ás crianças

“A reencarnação é a volta da alma ou Espírito à vida corpórea, mas em outro corpo especialmente formado para ele e que nada tem de comum com o antigo”. (Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. IV).

__________________________________________________________

 

00002Olá amigos!

Hoje temos nova converseta por aqui!

Eu gosto de conversar, apesar deste meu ar meditativo, sou particularmente conversadora, se bem que agora a minha faceta de ouvinte tem sido muito solicitada. Energias que curam, então solicitem!

Ontem deixei um post sobre isso mesmo, sobre o recuperar da nossa energia, para manter esse equilíbrio que nos faz acreditar que somos seres maravilhosos, com ideias próprias e capazes. Que não temos que viver eternamente sobre o poderio das ideias e das correntes dos outros. A libertação da alma, ajuda a quebrar as barreiras impostas pelo ego.

Tenho um amigo que meia volta diz que anda a batalhar com o seu ego, eu meia volta sou assim que atirada contra a parede quando me dizem, mas isso é o teu ego a falar! Eh pá, o meu ego tem tantos medos e receios ainda!!! E pior eu mascaro-o dizendo que são os outros que acham isto e aquilo! Ora vejam bem o que o ego nos faz! Fora com ele! Ehehehe.

Não precisamos de ideias que nos prendem a algo que não somos! Da próxima vez que pensar algo de si que o incomoda, pare e repare onde começa a opinião que tem de si dada pelos outros e aquilo que você realmente é! Pois…surpreendido? Sim claro! Aquilo que achamos de nós infelizmente ainda é muito moldado pelas crenças que deixamos que os outros imprimam em nós!

Mas hoje venho falar de reencarnação.

Um querida “nova” amiga, veio dizer-me que a filha a questionou de como é isto. Se voltamos cá e se voltamos noutra pele.

Bom ela tem 11 anos, agora digam lá se este blog do Crianças não faz todo o sentido?

Eu também costumo dizer que desde sempre acredito na reencarnação, e não sei porquê e nem como comecei a questionar-me sobre isto. Mas é uma das maiores crenças que tenho.

Cada vez mais dou por mim a observar uma criança e a pensar naquele espírito que está de regresso, pronto para recomeçar tudo de novo, a ter mais uma oportunidade, e também penso nos que desencarnaram e que cumpriram mais uma etapada…e assim se vai completando ciclo após ciclo!

 

A CRIANÇA E A REENCARNAÇÃO

A reencarnação, um dos princípios básicos do Espiritismo, é, ao mesmo tempo, fator explicativo para as diferenças que atingem as pessoas no contexto social, bem como esperança diante dos desafios que a vida terrena oferece. Tem por finalidade desenvolver a inteligência e é uma oportunidade de prova, expiação ou missão. Sobretudo, ela leva ao progresso espiritual e à participação na obra da criação.

Tudo começa com um estado de transição, em que o espírito passa por um momento de e perturbação e perda gradativa da consciência de si mesmo. Este é um estágio preparatório para o nascimento. A infância, que vai do nascimento à puberdade, é um período de repouso do espírito, que nessa fase está mais acessível às impressões que recebe. Para os pais esse é o momento de imprimir conceitos e orientações capazes de auxiliarem o adiantamento deste que se lhe apresenta como filho ou filha. O diálogo é insubstituível no processo educativo. E a par da educação do corpo é fundamental educar a alma. Esse período exige muito dos pais diante do compromisso aceito na espiritualidade de receber filhos na Terra.

Embora a criança apresente, geralmente, um estado de inocência e de fragilidade, é um espírito necessitado de orientação e amparo. Não se vêem crianças dotadas dos piores instintos? Donde provirão instintos tão diversos em crianças da mesma idade, educadas em condições idênticas e sujeitas às mesmas influências?

A infância representa um período acessível aos conselhos. A delicadeza da idade infantil torna a criança branda e receptiva aos conselhos da experiência dos pais. É um período em que se pode reformar e reprimir os maus pendores. Tal o dever que Deus impôs aos pais, missão sagrada de que terão de prestar contas.

A reencarnação atesta a justiça divina oferecendo oportunidade de encontros e reencontros educativos através dos quais se cumpre a lei de causa e efeito e, sobretudo, é o caminho que leva a Deus.

Ana Lúcia da Silva Araújo  in FEAK

reencarnarEu encontrei este texto e achei-o muito forte ( no sentido espiritual). O nosso papel de pais é de educar um espírito que veio ter connosco e nos pediu: vamos ama-me, toma conta de mim e ajuda-me a traçar o meu caminho!

Quando o meu filho nasceu, disse-lhe bem vindo, como digo a todos os bebes, bem vindo de volta!

Sabem aquela sensação de quando deixamos o filhote na creche pela 1ª vez, aquele medo se vai ou não ser bem tratado. Aquela confiança que temos que depositar em estranhos…pois bem, temos que ser esses educadores de infância, essa gente que acolhe, ensina, toma conta.

Em cada um de nós, há um espírito cheio de vidas vividas, de muitas experiências, somos só um feito de muitas coisas! Umas vezes somos filhos de uns outros, outras vezes pais, tios, amigos…é uma energia em constante mudança que se vai equilibrando.

 

Como explicar aos filhotes?

Bom primeiro que tudo temos que ter a noção que eles já têm essa informação dentro de si, e quetal como nós, muitos não se recordam ou não querem acreditar (não estou a criticar ninguém, felizmente cada um de nós é livre de achar da vida o que lhe convém).

Explicar de forma natural para não assustar. Muitas crianças atravessam a fase de ter medo que os pais morram, por isso não alimentem medos.

Eu acho que tudo se for dito de forma animada, clara e sem muitos rodeios (do género que a cegonha traz os bebés de França- já muito ultrapassado!) as crianças compreendem.

Eu ensino o meu filho a falar com o seu anjo! Um vez ficou todo contente porque pediu para a irmã ficar melhor da febre e ela melhorou! Não o afasto da sua espiritualidade. Quando me pede para entrar numa igreja entra, e fica ali maravilhado a ver

Digo-lhe que as pessoas quando  morrem encontram um lugar bonito com muitas flores e são bem tratadas.

A reencarnação por acaso ainda não foi conversada… mas se fosse…eu diria que nós tal como na escola estamos sempre a aprender. E que tal como na escola em que temos vários graus de estudo, a vida também é assim!  Que temos que vir “cá”  para podermos aprender cada vez mais. E que por vezes temos que aprender o que é ser homem, mulher, cego, surdo, rico, pobre e por aí adiante. E que acima de tudo temos que tentar ser sempre felizes, amigos do amigo e ouvir o que o nosso coração nos diz.

 

Muita Luz